Costelão São José 2015

Costelão São José 2015

27 de agosto de 2015

"Se metidando" (e aprendendo) pela Comcam

Na primeira vez que disputei um campeonato adulto de futebol de salão, pela Associação Tagliari, tive a felicidade de ser campeão paranaense.  Conquistamos, de forma invicta, a Taça de Paraná (atual Chave Ouro), jogando contra as seis principais equipes do estado, em Paranavaí, em 1979. 

Eu era o mais novo da turma e, por isso mesmo, era protegido por todos. Jogar ao lado do Carlão Tagliari, Ione Sartor, Ivando “Rancho” Capato, Beline e Gilmar Fuzeto fazia com que as difíceis vitórias daquele campeonato não parecessem tão difíceis assim. E isso inflava ainda mais o meu ego, que não era pequeno!   

Gilmar Fuzeto (com o sobrinho Carlinhos Tagliari), Luizinho Ferreira Lima e Carlão Tagliari (com o sobrinho Flavinho Tagliari Bisol) - 1979
Já era difícil me aturar pelo simples fato de jogar pelo Tagliari, imaginem campeão paranaense! Amigos me diziam que eu jogava bem, confirmando o que eu também pensava! (se eu não fosse tão humilde, seria perfeito!).

Logo após nossa conquista, um torneio foi realizado em Araruna, aberto à participação de municípios da Comcam. Para quem tinha vencido as fortes equipes de Londrina, Maringá, Ponta Grossa, Paranavaí, Curitiba e Guarapuava, seria fácil ganhar das pequenas cidades vizinhas, assim pensei, e seria boa oportunidade para mostrar toda a minha qualidade.

Na verdade, o evento era para mostrar ainda mais o Tagliari para região. Seria realizado de forma eliminatório para que um número maior de equipes jogassem conosco.

Ione Paulo Sartor
Na quadra descoberta do único Clube de Araruna, enfrentaríamos, na estréia, o time de Quinta do Sol. Quando entro no vestiário, mais metido que ganso novo, observo que alguns adversários usam tênis inapropriados para o futsal e, absurdo e engraçado, amarram o cadarço na canela.

Lógico que não gozei deles, mas no nosso vestiário não parava de ironizá-los. 

A torcida, que se espremia em volta da quadra, era toda para o adversário, que de cara abriram o placar. Com muito esforço, empatamos. Eles desempataram, nós empatamos. E foi assim até o final do jogo. Eles passavam na frente – sempre com gol daqueles que amarravam o cadarço na canela – e nós sofríamos para empatar. No final, vitória deles, por um gol de diferença, para delírio da maioria. 

Nunca mais julguei ninguém pela maneira de se trajar.

No final daquele ano, 1980, nos sagramos bicampeões paranaenses invictos.

(Publicado originalmente no semanário Entre Rios, em 2005)

David Gilmou - "Echoes" (versão acústica)

(foto ilustração: Gilmour atualmente e em 1970, quando integrava o Pink Floyd)

David Jon Gilmour, CBE (Cambridge, 6/03/1946) é um guitarrista e cantor britânico, vocalista da extinta banda inglesa Pink Floyd. Foi considerado o 14º melhor guitarrista do mundo pela revista norte-americana Rolling Stone.

David Gilmour fará shows no Brasil em dezembro


Ex-integrante do Pink Floyd vem pela primeira vez ao Brasil

Os fãs do Pink Floyd têm um bom motivo para comemorar. O ex-guitarrista e vocal da banda, David Gilmour, vai pousar pela primeira vez no Brasil em dezembro para três shows: 

12/12 - Allianz Parque, em São Paulo
14/12 - Pedreira Leminski, em Curitiba e
16/12 - Arena Porto-Alegrense, em Porto Alegre

Quase uma década depois de seu último tour, o ex-guitarrista de uma das maiores bandas de rock da história vai apresentar seu novo disco, o “Rattle That Lock”, que será lançado em setembro.

Os onze melhores gols de Romário, segundo ele próprio


Em maio, para comemorar os oito anos de seu milésimo gol, Romário postou um vídeo com o que ele considera os seus onze mais bonitos gols. Assista e mate a saudade do que é um verdadeiro centroavante. Não vou dizer que Romário é dez, por que ele sempre Onze, o camisa Onze!!!

Acho que não preciso dizer que ele foi o melhor atacante que já vi jogar...


Lista dos gols mostrados no vídeo:

1 - 01/02/1987 – Amistoso Brasil 4 x 0 Israel Amistoso
2 - 19/06/1988 - Vasco 2 x 1 Flamengo pelo Campeonato Carioca
3 - 01/11/1989 - PSV 5 x 1 Steaua Bucarest pela antiga Copa dos Campeões
4 - 19/09/1993 - Brasil 2 x 0 Uruguai pelas Eliminatórias da Copa do Mundo
5 - 08/01/1994 - Barcelona 5 x 0 Real Madrid pelo Campeonato Espanhol
6 - 09/07/1994 - Brasil 3 x 2 Holanda na Copa do Mundo de 1994
7 - 30/04/1997 - Brasil 4 x 0 México Amistoso
8 - 07/08/1997 - Valencia 1 x 0 Atlético de Madrid Amistoso
9 - 07/12/1997 - Brasil 2 x 1 África do Sul Amistoso
10 - 07/02/1999 - Flamengo 3 x 0 Corinthians pelo Torneio Rio-São Paulo
11 - 22/06/2003 - Fluminense 5 x 2 Guarani pelo Campeonato Brasileiro

Juiz cria Banda Liberdade para tocar com jovens que ele mesmo condenou


Por meio da iniciativa do Juiz de Direito do Juizado Regional da Infância e Juventude de Passo Fundo (RS) Dalmir Franklin de Oliveira Júnior, junto a parceiros, alavancou-se o Projeto Banda Liberdade, destinado a jovens internos que cumprem medidas socioeducativas no município.

O projeto envolve oficinas de música, dando destaque à percussão. Veja o vídeo.

Desta forma, os adolescentes infratores julgados pelo Juizado da Infância e Juventude de Passo Fundo (RS) possuem a alternativa de cumprir sua medida socioeducativa ancorados na Banda Liberdade. Tendo em vista que muitos destes jovens cumprem medidas de privação de liberdade, o projeto possibilita integração e uma maior ressocialização do adolescente. As oficinas de música oferecem o contato com este novo saber, ou ainda em muitos casos o aprimoramento de habilidades técnicas musicais previamente desenvolvidas pelos jovens. 

Vale destacar que a música, em termos gerais, participa da formação da identidade dos indivíduos e de seus respectivos grupos de sociabilidade. Neste caso, na Banda Liberdade, jovens que cumprem medidas socioeducativas fazem da percussão o exercício do protagonismo juvenil.

O juiz Dalmir Franklin de Oliveira Júnior, que aplica as medidas socioeducativas, acompanha os jovens integrantes do projeto, sendo ele próprio um dos componentes da banda. Pode-se observar que, no pátio da fundação de assistência social, quando os jovens se reúnem com os demais músicos e também com o juiz, por meio do cumprimento de normas sociais previamente estipuladas – leia-se “Lei” – há um reconhecimento de papéis e uma reflexão acerca das fronteiras entre a lei e os adolescentes.

O exercício da alteridade faz-se presente, pois a música desempenha o papel de ferramenta de comunicação e identificação, ou seja, a música figura como expressão identitária. Portanto, pode-se observar que é possível o cumprimento de penas alternativas, que estão aquém do mero castigo ou da punição pela punição.

Trata-se de atribuir sentido a algo que, via senso comum, tornou-se moralmente e meramente punitivo. A música no projeto Banda Liberdade acaba por minimizar a dicotomia entre o adolescente – dito transgressor – e o representante da lei, o juiz. [ Catraca Livre ]  

26 de agosto de 2015

Gabriela, um aninho


No primeiro aninho da Taísa, filha da Dayse Dezan e do Marcelo Silveira, a festinha teve como tema Moranguinho e lá estávamos para comemorar. Agora, no começo desse agosto, comemorando um ano da filhinha Gabriela, Taísa e o maridão Walfrido Júnior reuniram amigos e familiares para comemorar numa festa com o mesmo tema: a personagem Moranguinho. 

Marcelo e Daisy no primeiro aninho da Taísa
Claro que eu lá estava, acompanhado da minha neta Fernanda. Olhando as fotos, em porta retratos espalhados pelo salão de festa, fiquei impressionado com a semelhança entre mãe e filha (até parecem mãe e filha...).

Gabriela, um ano
Taísa e Walfrido residem em Belo Horizonte. Apaixonados por futebol, ela sãopaulina, ele cruzeirense, nesse ano não têm muito o comemorar com o esporte. Em compensação, com a beleza e a saúde da filhinha...

Taísa, um ano

Julia Stone - "It's All Okay"


Julia Natasha Stone (13/04/1984) é uma cantora e multi-instrumentista australiana. Sua carreira musical começou ao lado do irmão Angus. Seu álbum de estréia solo, The Memory Machine, foi lançado em 2010.

It's All Okay é faixa do álbum By The Horns, de 2012.


 

16 memórias que farão você se perguntar como sobreviveu à infância

1. É provável que você tenha andado neste local tão seguro e especial do carro, o chiqueirinho.
E quantas vezes seus pais disseram “abaixa aí porque tem polícia ali na frente”?

2. E muitas vezes sua própria mãe te botou para fora de casa.
Mesmo que você não quisesse.

3. Uma vez lá fora, uma opção era jogar bola na rua.
A convivência com os carros era feita na base da amizade.

4. Ou andar de bicicleta — naturalmente, sem capacete.
E quando a gente levava um amigo na barra ou de pé, equilibrado atrás?

5. Tampouco passava pela nossa cabeça usar capacete para descer o morrão de carrinho.
Nem pela de um adulto responsável.

6. Quando dava sede, era só abrir a mangueira que ficava na frente da casa de algum vizinho.
Água direto da fonte.

7. E, se desse fome, era para isso que serviam as flores (supostamente) comestíveis dos jardins da vizinhança.
Embora sempre tivesse uma história de uma prima da amiga da vizinha que comeu uma flor venenosa e morreu.

8. Os produtos de limpeza ficavam embaixo da pia, ao alcance de qualquer um com menos de 1,30 m.
E sempre tinha uma história sobre a vizinha de uma amiga da sua prima que tinha bebido diabo verde e morrido.

9. Assim como o armarinho de remédios — sem nenhuma tampa à prova de crianças, claro.

10. Quando chovia, tinha mais essa alternativa de diversão.
Sério, onde estavam nossos pais?!

11. Éramos obrigados a sair para comprar cigarros para os adultos.
E TODOS os donos de bar/boteco/padaria vendiam para a gente de boa.

12. E a conviver com anúncios de produtos que imitavam cigarros para a gente, também.
Nos anos 80, a prevalência de fumantes entre os adultos era cerca de 30%. Hoje, é de pouco mais de 10%.

13. Caso alguma coisa saísse errada nas atividades supracitadas, você encarava seu pior pesadelo: O MERTHIOLATE.
Como ardia, meu Deus.

14. Não raro seus pais saíam e deixavam você sozinho (ou com seus irmãos) em casa.
Quantos não esquentaram o almoço no microondas sozinhos?

15. Quando chegavam as férias, você ia para a praia sem passar protetor solar.
No máximo, uma pasta d’água quando o estrago já estava feito.

16. E ainda podia tirar foto ao lado de famosos em trajes sumários.
Como esses meninos que encontraram a Monique Evans (ela foi uma das mulheres mais bonitas que já vi de perto. O 'canalha' do Getulinho, durante um desfile de modas da Riva Center, a viu ficar pelada por várias vezes e não foi capaz de nos chamar para ajudá-lo na difícil tarefa de fiscalizar as trocas de roupa da modelo brasileira...)

Novos planetas ou o quê?

Olhem bem para as fotos e descubram novos horizontes






Parecem fotos de planetas, mas são apenas o fundo de panelas.

Via A Refinaria, com dica da minha filha Sarah.

Leandro Karnal: "A consciência nos torna covarde, a ignorância é uma benção..."


Tenho recebido alguns vídeos do ótimo professor Leandro Karnal - confesso que não o conhecia - e compartilho esse, em que o gaúcho fala de como a ignorância é uma benção e que a consciência, o conhecimento, nos torna covardes. Assistam, aprendam e divirtam-se.


Leandro Karnal (São Leopoldo [RS], 1º de fevereiro de 1963) é um historiador brasileiro, atualmente professor da UNICAMP na área de História da América. Ele é graduado em História pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos e doutor pela Universidade de São Paulo.

24 de agosto de 2015

Novo campeonato no Clube dos Trinta. Confira as equipes

Começou ontem, domingo, dia 23, mais um campeonato interno do Clube dos Trinta. Confira abaixo como ficaram as novas formações.

Local para encontrar bons amigos, o Clube está sentindo demais a falta do artilheiro Thiago Sequinel, menino gente boa que faleceu num acidente de carro numa rodovia paranaense há poucos dias. Para sempre estará em nossas memórias Thiago...  

Thiago Victor Sequinel - 1980 - 2015
E o campeonato já começou com técnico perdendo o cargo: Tomadon, que acumula a função com a de atleta, foi despachado ainda no intervalo quando seu time já perdia por quatro a zero. 

Rio Grande do Sul
em pé (da esq. para a direita): Elias, Tião Mauro, Elvis, Quichaba e Krisley
agachados: Osvaldinho, Brunão, Fábio Pastor, Cremauri e Mancha


Santa Catarina
em pé: Juninho Sartorato, Elias, Fábio Coamo  Paulão
agachados: Tiguera, Jadinho, Alessandro e Gameiro

Paraná
em pé: Tomadon, Beto Tonet, Nogaroli, João Paulo, Urubu e Paraíba
Robertinho, Juraci, Fusca e Professor Valdir 


São Paulo
em pé: Fumaça, Lambari, Getulinho e Torinha
agachados: Martins, Jáder, Odair e Wander

Rio de Janeiro
em pé: Xumasqui, Vinícius, Pazini, Hélio, Macedo e Lambari
agachados: Clodi, Tiãozinho, Aguinaldo, Jair e Guilherme

Minas Gerais
em pé: Ivo, Celsão, William, Hayalla e Leandro 10
agachados: Jefferson, Magu e Esquerdinha

O Google Fotos fez as animações abaixo.



Greg Laswell - "Days Go On"

Greg Laswell (nascido em 26 de abril de 1974) é um músico, engenheiro de gravação e produtor de San Diego, Califórnia. Muitas de suas canções têm sido destaque em filmes e programas de televisão.

Days Gon On foi tema da série Grey's Anatomy.

José Vasconcelos e a primeira vez de um italiano num campo de futebol

Paciência! Tenha paciência e assista o vídeo abaixo com José Vasconcelos contando a primeira vez de um italiano assistindo uma partida de futebol. Vale a diversão...

Como diz meu amigo Peteleco: o vídeo está ruim com alguns momentos de horrível, mas o áudio, que importa, está ótimo.

Lembro de escutar esse 'causo' num Long Play (LP) numa radiola que meu pai comprou no dia em que nasci. Assista


Confira funções ‘escondidas’ no seu mouse e aproveite melhor o aparelho

Os atalhos do computador, sejam no teclado ou no navegador, são sempre muito bem-vindos. Além de facilitar a vida dos usuários, eles agilizam a rotina para otimizar o tempo gasto no PC. O que muitos não sabem é que o mouse também conta com diversos recursos para ajudar os usuários. Pensando nisso, o TechTudo preparou uma lista com várias funções “escondidas” no mouse, para que você aproveite ainda mais o aparelho.

Confira uma lista com truques escondidos no mouse  (Foto: Gabriella Fiszman/TechTudo)

1. Selecione palavras rapidamente 
Essa primeira dica é uma das mais populares. Ao digitar um texto ou ler um documento no computador, é comum selecionarmos alguma palavra ou frase, seja para procurar na Internet seu significado ou apagar o conteúdo. Para isso, muitos usuários pressionam o botão direito do mouse e arrastam o cursor para selecionar uma palavra. Porém, existe uma maneira muito mais rápida de fazer isso: basta clicar duas vezes com o botão esquerdo do mouse. Depois, existe ainda a opção de clicar no botão direito e ver as ações disponíveis.

2. Selecione o parágrafo inteiro
Para os que desejam selecionar não só algumas palavras como o parágrafo inteiro, o mouse também conta com essa opção. Para isso, basta clicar três vezes seguidas em alguma palavra daquele parágrafo e ele será selecionado.
Alguns cliques no mouse podem otimizar seu tempo e agilizar sua rotina (Foto: Gabriella Fiszman/TechTudo)

3. Use o shift para selecionar grandes partes do texto
Usar o mouse para selecionar uma palavra ou um parágrafo pode ser muito mais simples desse jeito. E o melhor é que existe uma forma bem fácil de ir selecionando mais partes ao longo do texto. Para isso, selecione um parágrafo com os três cliques, e depois, com o shift pressionado, vá clicando nos parágrafos debaixo. Isso fará com que eles também sejam sublinhados.

4. Use a tecla Ctrl + cliques no mouse
Outro atalho interessante é o usado para selecionar vários arquivos ao mesmo tempo ou múltiplos trechos de um texto. Para isso, basta pressionar a tecla Ctrl e clicar com o botão esquerdo.

Botões esquerdo e direito do mouse trazem muitas funções além das que você conhece (Foto: Anna Kellen Bull/TechTudo)

5. Duplique arquivos com o Option (alt)
Essa dica só funciona em computadores Mac. Ela permite que você duplique rapidamente arquivos, sem precisar fazer nada além de um clique. Basta clicar sobre o documento que você deseja duplicar e segurar o botão Option (alt) enquanto clica. Isso fará com que o arquivo seja automaticamente duplicado quando você soltar o mouse.

6. Abra páginas em outros links
Se você clicar em algum link enquanto segura o Ctrl, aquela página será aberta em outro link. Além disso, muita gente não sabe, mas o scroll (aquela rodinha que alguns mouses têm) também serve como botão. Ao apertar a bolinha sobre algum link, ele será aberto em uma nova aba do seu navegador.

Engordar pelo menos 2 quilos já aumenta pressão arterial

Conclusão é de estudo que monitorou grupo de pessoas por dois meses. Ganho de peso baixo, porém, não altera taxas de açúcar e glicose no sangue

A obesidade é um dos principais fatores de risco para a hipertensão. No entanto, um novo estudo da Clínica Mayo, nos Estados Unidos, descobriu que mesmo um pequeno ganho de peso, de 2 quilos, já é suficiente para elevar a pressão arterial em adultos saudáveis.

Na pesquisa, 16 adultos passaram a consumir entre 400 e 1 600 calorias a mais por dia, as quais vinham de alimentos como chocolate, sorvete e energéticos. O objetivo era aumentar o peso deles em 5%. Os pesquisadores, então, utilizaram um aparelho para monitorar a pressão arterial dessas pessoas 24 horas por dia, durante dois meses. Ao fim do estudo, os participantes foram comparados a outros dez indivíduos que mantiveram o seu peso ao longo desse período.

Impactos - Segundo os resultados da pesquisa, as pessoas que ganharam peso tiveram um aumento na pressão arterial sistólica de 114 milímetros de mercúrio (mm Hg) para 118 mm HG, em média. Essa medida se refere à pressão máxima exercida sobre as artérias, no momento em que o coração bombeia sangue para o corpo. Uma pressão sistólica considerada normal não deve ultrapassar os 120 mm Hg.

Além disso, a equipe concluiu que quanto mais gordura foi acumulada na região abdominal, maior esse aumento da pressão arterial. Por outro lado, o ganho de peso de até 5 quilos não parece interferir nas taxas de açúcar, colesterol e insulina no sangue.

"As pessoas estão cada vez mais conscientes sobre os riscos da obesidade à saúde, mas parece que elas não estão atentas aos possíveis problemas provocados por alguns quilos a mais", diz a coordenadora do estudo, Naima Covassin, pesquisadora da Clínica Mayo. "Esse dado é importante, porque é comum que as pessoas engordem 2 ou 3 quilos durante uma viagem de férias, por exemplo."

Os resultados do estudo foram apresentados nesta quinta-feira durante a Sessão Científica de Pesquisa em Pressão Alta da Associação Americana do Coração.

Como evitar e tratar a hipertensão

Ingerir pouco sal
"Diminuir o consumo de sal é a medida que causa maior impacto na redução da pressão arterial", diz o cardiologista Luiz Bortolotto, presidente do departamento de hipertensão da Sociedade Brasileira de Cardiologia e diretor da unidade de hipertensão do Instituto do Coração (Incor), em São Paulo. A relação entre o sódio e aumento da pressão é simples de entender: como o sal retém água no organismo, ele eleva o volume de líquido que passa nos vasos — automaticamente subindo a pressão. A recomendação é ingerir no máximo 5 gramas de sal por dia — equivalente a 1 colher de chá rasa —, incluindo o dos alimentos que já têm sódio em sua composição.

Praticar atividade física
Durante o exercício físico, principalmente os aeróbicos (como a corrida e caminhada), os músculos do corpo relaxam pela ação da endorfina, um neurotransmissor ligado à sensação de bem-estar. "A camada média do vaso sanguíneo é muscular. Quando ela relaxa, a pressão dentro dela diminui", afirma o cardiologista Miguel Moretti, do Hospital e Maternidade São Luiz Anália Franco, em São Paulo. Ademais, o exercício condiciona o sistema cardiovascular.

Maneirar no consumo de bebida alcoólica
O consumo exagerado de bebidas alcoólicas, principalmente as destiladas, causa alterações metabólicas que podem resultar no aparecimento da aterosclerose, isto é, acúmulo de gordura na parede dos vasos. "Além disso, por ser altamente calórico, o álcool contribui para a obesidade e, consequentemente, para o sedentarismo. Esses dois fatores favorecem a hipertensão", diz Miguel Moretti. O limite de ingestão de álcool recomendado é de 30 gramas por dia para homens, equivalente a duas taças de vinho, e 15 gramas para mulheres.

Não fumar
A nicotina destrói a camada interna do vaso sanguíneo, chamada de endotélio vascular. "Substâncias presentes no cigarro provocam o estreitamento dos vasos, o que leva a um aumento da pressão do sangue dentro das artérias", diz Luiz Guilherme Velloso, cardiologista da Rede de Hospitais São Camilo de São Paulo.

Controlar o stress
O stress faz com que o corpo libere o cortisol, hormônio que estimula a contração do vaso e, consequentemente, o aumento da pressão sanguínea. Praticar atividade física e ter hábitos relaxantes pode ajudar a controlar o stress.

Ter um peso saudável
O sobrepeso e a obesidade pode ser decorrentes de outros fatores que favorecem a hipertensão, como sedentarismo, dieta rica em sal e alto consumo de bebida alcoólica. "Pessoas acima do peso têm alterações no sistema nervoso simpático e no endotélio, camada interna dos vasos. Esses fatores aumentam a pressão", diz Luiz Bortolotto. [ Veja ]