26 de fevereiro de 2013

Bactérias na cebola

Texto afirma que a cebola cortada atrai as bactérias presentes no recinto e alerta para que não deixemos o alimento aberto para que esse não se contamine. Será verdade essa história?

O texto não é novo! Circula pela web há vários anos (desde 2009) e afirma que em 1919, um médico descobriu que as famílias que deixavam cebolas abertas na casa não morriam de gripe. De acordo com o artigo, uma minuciosa análise em um microscópio revelou que a planta absorveu as bactérias da residência, deixando o local livre da doença.

Em 1919, quando a gripe matou 40 milhões de pessoas havia um doutor que visitou muitos agricultores para ver se ele poderia ajudá-los a combater a gripe, pois que muitos deles que haviam contraído a doença haviam morrido.

    Em uma visita na propriedade de outro fazendeiro, na mesma região, a médico surpreendeu-se em saber do bom estado de saúde que lá encontrou. Todos estavam muito saudáveis. Quando o médico perguntou ao fazendeiro o que eles estavam fazendo para se protegerem da gripe, a mulher deste prontamente respondeu que ela colocava uma cebola cortada (com casca) em pratos e distribuia-os nos quartos da casa.

    O Médico não podia acreditar no que ouviu. Pediu ao fazendeiro para lhe entregar uma das cebolas que estava usando e pôs sob seu microscópio, quando então observou enorme números de bactérias da gripe ali acumulados.

    Levado a um pneumologista, este explicou que as cebolas são um ímã enorme para as bactérias, especialmente as cebolas cruas.

    Em suma, nunca mantenha cebolas fatiadas para serem usadas no dia seguinte, mesmo que colocadas em sacos fechados, herméticos ou na geladeira. Seu consumo deve ser imediato, vez que pode ser um perigo consumí-las a posteriori.

    Além disso, os cães nunca devem comer cebolas. Seus estômagos não pode metabolizar cebolas.

    Lembre-se: é perigoso cortar uma cebola e consumí-la no dia seguinte. A cebola se torna altamente venenosa, mesmo depois de uma noite única, e cria bactérias tóxicas. Estas bactérias podem causar infecções do estômago adversos por causa de secreções biliares em excesso e intoxicação alimentar.

3 comentários:

João Marcos Durski disse...

O texto que circula na web deve estar incompleto. Gripes são causadas por vírus, e não por bactérias. Essas, podem entrar no organismo posteriormente, como infectantes secundários.

Anônimo disse...

A gripe realmente é causada por um vírus, mas outras doenças por exemplo a pneumonia é causada por bactérias.Uma pessoa pode ficar gripada, dai consequentemente vai ficar com a imunidade baixa e pode adquirir como consequencia outra infecção bacteriana. Meus filhos por exemplo, as vezes gripam é o medico passa um antiflamatório porque é uma infecção viral, mas se a febre continua por mais 3 dias, pode contar na certa que se tornou
uma infecção bacteriana e devera ser tratada com antibióticos.

Ferreira Neto disse...

Notícia falsa.

http://www.e-farsas.com/o-segredo-da-cebola-ela-e-um-ima-para-bacterias.html