6 de novembro de 2018

Família se espanta ao ver 'morto' voltar para casa dois meses após enterro

Aigali Supugaliev segura a sua lápide Foto: Reprodução/East2west news
Dois meses atrás, Aigali Supugaliev foi enterrado após exame de DNA em um corpo achado em decomposição identificá-lo como o morto.

Só que, para a surpresa de todos, um dia "o morto" apareceu na casa em que mora em Tomarly (Cazaquistão). Vivo e saudável. Como poderia? O teste de DNA tinha precisão de 99,92%!

Na verdade, o cazaque havia partido para um trabalho de quatro meses em uma fazenda sem avisar.

"Minha filha quase morreu de um infarto ao ver o tio morto chegando em casa", disse Esengali Supugaliev, irmão de Aigali, de acordo com o site "East2west news". "A análise de DNA confirmou que o corpo era do meu irmão. Acreditamos no resultado e realizamos o funeral e todos os ritos. Gastei muito dinheiro", concluiu.

Aigali Supugaliev segura a sua lápide Aigali Supugaliev segura a sua lápide Foto: Reprodução/East2west news
Agora, duas perguntas ficaram no ar: O exame de DNA foi bem feito? Quem é o homem enterrado?

"É impossível dizer sem possibilidade de erro que um corpo pertence a determinada pessoa. Não devemos esquecer o 0,08%", defendeu-se Akmaral Zhubatyrova, responsável pelo teste.
Postar um comentário