[Fotos] Parques e jardins internacionais que conciliam natureza e arquitetura


Organizar um oásis verde não é uma tarefa fácil. É claro que a natureza já embeleza o lugar sozinha, mas o trabalho dos paisagistas também é bastante valorizado quando feito de forma amigável. Confira uma pequena lista de jardins e parque com verde, arquitetura, e pra lá de aconchegantes:

Pipe Dream

"Um lugar para descansar, meditar, refletir e respirar" é assim que Alisson Douglas define sua criação, o Pipe Dream. Trata-se de um jardim com sofás, cobertura e até uma pequena fogueira nada convencional, que é colocada por cima de uma fonte.

O Pipe Dream utiliza uma série de tubos de concreto em sua composição. Ele foi criado para abrigar as pessoas independentemente da estação do ano, possuindo diversos tipos de plantas.


Os tubos foram usados principalmente para construir um espaço de formato elíptico, para que as pessoas pudessem meditar, repousar, ler um livro, ouvir músicas ou praticar qualquer outra atividade relaxante.

Villandry

Muitos jardins ao redor do mundo ganharam destaque por sua arquitetura. O Villandry é um dos mais famosos jardins localizados na França, mais especificamente no palácio Villandry. Ele foi construído no século XVI e é, sem a menor sombra de dúvida, uma obra de arte. Ele segue um modelo renascentista e é composto por várias sequências simétricas de plantas que o tornam muito parecido com um labirinto.

De Keukenhof

Provavelmente uma das áreas floridas mais lindas do mundo, o De Keukenhof está localizado em Amsterdã, na Holanda. O local fica aberto para o público e abriga espécies de flores diferentes de todo o mundo. Anualmente, são plantadas sete milhões de flores no parque.


Koishikawa Korakuen

Por fim, o Koishikawa Korakuen, em Tóquio, no Japão. O parque é de importância histórica para a região, e é protegido por uma lei nacional.


Ele foi fundado no século XVII e é muito popular para passeios, já que também é aberto ao público.

E o Brasil?
Nosso país possui dois dos quinze mais belos parques do mundo, segundo a revista Viagem e Turismo: o Jardim Botânico (Rio de Janeiro) e o Instituto Inhotim (Minas Gerais). Em outra lista, o portal inglês The Guardian colocou o parque do Ibirapuera, em São Paulo, como um dos dez melhores do planeta.
[ eCycle ]
Postar um comentário