Os carros mais caros do mundo em 2017

O ano de 2017 mal começou e a conceituada revista de negócios Forbes listou os carros mais caros à venda no mundo. Todos são exclusivos, da potência que entregam à produção limitada a poucas unidades. Tamanha raridade cobra caro. E muito caro. Mas nem todos já estão à venda. Há modelos que ainda não foram lançados e, por isso, seus preços são estimados. Pelo mesmo motivo, alguns dados de motorização e desempenho podem variar.

Veja os 10 carros mais caros de 2017 segundo a revista Forbes:

10. Apollo Arrow - US$ 1.100.000
A marca alemã Apollo Automobil revelou o Arrow no Salão de Genebra de 2016, com produção de apenas 100 unidades. Ele é equipado com um motor 4.2 V8 da Audi capaz de render 1.000 cv de potência e de fazer o superesportivo ir de 0 a 100 km/h em 2,9 segundos

9. Mazzanti Evantra Millecavali - US$ 1.200.000
Serão feitas somente 25 unidades desse superesportivo italiano, equipado com um 7.0 V8 biturbo de 1.000 cv. Segundo a fabricante, sua aceleração de 0 a 100 km/h é feita em 2,7 segundos, com velocidade máxima de 402 km/h.

8. Ferrari LaFerrari Aperta - US$ 1.400.000
Depois do sucesso da LaFerrari cupê, a versão conversível do modelo híbrido deverá ter apenas 200 unidades produzidas. Ela é movida por um 6.2 V12 a gasolina de 800 cv e outro propulsor elétrico de 12 kW (ou 163 cv), entregando juntos 963 cv. Isso é capaz de fazer o modelo ir de 0 a 100 km/h em menos de 3 segundos. Revelada no Salão de Paris de 2016, todas as unidades, infelizmente, já foram vendidas, destinadas exlcusivamente a clientes da marca e colecionadores.

7. Arash AF10 Hybrid - US$ 1.500.000
Mais um híbrido na lista, esse superesportivo inglês traz um 6.2 V8 de 912 cv atuando em conjunto com mais quatro motores elétricos de 1.196 cv. O total? 2.108 cv de potência e aceleração 0-100 km/h em 2,8 segundos. 

6. Zenvo TS1 - US$ 1.800.000
Revelado no ano passado no Salão de Genebram o sucessor do ST1 traz um 5.9 V8 com potência estimada em 1.100 cv. Sua produção é limitada a apenas 15 unidades. A tração é traseira e a velocidade máxima é de 375 km/h, limitada eletronicamente.

5. Koenigsegg Regera - US$ 1.900.000
Com um motor 5.0 V8 de 1.100 cv e mais três propulsores elétricos de 700 cv (um em cada roda traseira e um no virabrequim), o Regera entrega uma potência combinada de 1.500 cv. A produção terá somente 80 unidades. Segundo a fabricante sueca, usando apenas eletricidade, sua autonomia é de 50 km.

4. Bugatti Chiron - US$ 2.700.000
Depois do sucesso do Veyron, a Bugatti aposta agora no Chiron. Seu motor 8.0 W16 entrega incríveis 1.500 cv e fazem o superesportivo ir de 0 a 100 km/h em 2,5 segundos. Fabricado em Molsheim, na França, o Chiron terá somente 500 unidades produzidas.

3. Pagani Huayra BC - US$ 2.800.0000
Versão melhorada do Huayra, ele traz motor 6.0 V12 da Mercedes-AMG capaz de render 750 cv. São esperadas somente 20 unidades desse modelo. Ele também estreou no Salão de Genebra no ano passado e seu nome BC vem das iniciais de Benny Caiola, uma pessoa que inspirou o criador da empresa Horacio Pagani e que se tornou o primeiro comprador de um Pagani na história da empresa. 

2. Lykan Hypersport - US$ 3.400.000
Criado por uma empresa de Dubai, ele deve ter apenas sete unidades produzidas. E a primeira já foi entregue à polícia de Abu Dhabi. Ele desenvolve 780 cv. E para melhorar a exclusividade, vem equipado com faróis de LED com 220 diamantes em cada lado, ou seja, são ao todo 440 diamantes.

1. Aston Martin MA-RB 00 - US$ 3.900.000
Desenvolvido em parceria com a Red Bull Racing, o modelo de corrida também habilitado para as ruas terá produção limitada entre 99 e 150 unidades de rua e mais 25 exclusivas para as pistas. As primeiras unidades devem ser entregues no começo de 2018, equipadas com um motor V12. Não foram reveladas as demais especificações ainda. 
[ MSN ]
Postar um comentário