Tico-Tico faz ninho em árvore de natal decorada

Uma família de São Carlos (SP) ganhou convidados especiais para o Natal. Um casal de tico-ticos resolveu fazer seu ninho na árvore que estava sendo enfeitada para a cerimônia e segue sob os galhos com os filhotes. “Fui colocando os enfeites e ela foi fazendo o ninho”, contou a dona de casa Re Braga.

Mamãe tico-tico alimenta filhotes em ninho feito em residência (Foto: Reginaldo dos Santos/EPTV)
Neste ano, a família quis fazer uma árvore diferente e teve a ideia de misturar os enfeites natalinos com enfeites de pássaros. Não contava, porém, que teria a presença de aves de verdade.

“Eu deixei para colocar os enfeites no outro dia, com as crianças. Curiosamente, no outro dia tinha muito mato, sujeira e folha e eu tirei, não deixei porque não sabia o que era. Então começamos a colocar os enfeites, a mamãe entrou e começou a fazer um ninho mesmo com a gente mexendo na árvore”, disse.

Após a instalação da nova família, os cuidados passaram a ser redobrados. Agora, as portas permanecem abertas para que os pássaros possam alimentar os filhotes e ficar por perto, já que, quando isso não acontece, a mãe fica “brava”.

“Foi bem inesperado. Mesmo a árvore tendo como tema os animais e pássaros, um passarinho de verdade fazendo um ninho na minha casa não é uma coisa comum, mas foi bem legal. A gente está tendo que deixar a porta e as janelas abertas porque ela sai toda hora, quando acaba ficando fechada, ela começa ficar a brava e fazer barulho”, disse a estudante Lívia Braga.

‘Jesus meu Deus’
Com a coincidência e o nascimento dos filhotes, a dona de casa resolveu pesquisar sobre a espécie e descobriu que ela também é conhecida como “Jesus meu Deus”. Para ela, foi uma obra do divino.

“Ficamos ainda mais felizes porque, além do nome ter tudo a ver com a época, eles vieram na nossa árvore de Natal, a árvore que é símbolo de esperança, amor, fé, gratidão e celebração ao nascimento de Jesus”, disse.

A torcida é para que os pássaros continuem no ninho até o Natal, mas, se decidirem ir embora antes, ela afirma que a visita será sempre bem recebida, como parte da casa.

“A porta vai continuar aberta e a hora que eles quiserem eles podem entrar. Mesmo sem árvore de Natal, onde eles quiserem serão bem-vindos”.



Postar um comentário