Fagner - Traduzir-se (música em poesia de Ferreira Gullar)

Raimundo Fagner Cândido Lopes mais conhecido apenas como Fagner (Orós, 13 de outubro de 1949) é um cantor, compositor, instrumentista, ator e produtor brasileiro.

Traduzir-se é uma música sobre poesia de Ferreira Gullar, que deu nome ao oitavo álbum gravado por Fagner, em 1981.

Ferreira Gullar, pseudônimo de José Ribamar Ferreira (São Luís, 10/09/1930 – Rio de Janeiro, 04/12/2016, foi um escritor, poeta, crítico de arte, biógrafo, tradutor, memorialista e ensaísta maranhense e um dos fundadores do neoconcretismo. Foi o postulante da cadeira 37 da Academia Brasileira de Letras, da qual tomou posse em 5 de dezembro de 2014. Ele faleceu neste domingo, aos 86 anos, na cidade do Rio de Janeiro.



TRADUZIR-SE

Uma parte de mim
é todo mundo;
outra parte é ninguém:
fundo sem fundo.

Uma parte de mim
é multidão:
outra parte estranheza
e solidão.

Uma parte de mim
pesa, pondera;
outra parte
delira.

Uma parte de mim
almoça e janta;
outra parte
se espanta.

Uma parte de mim
é permanente;
outra parte
se sabe de repente.

Uma parte de mim
é só vertigem;
outra parte,
linguagem.

Traduzir-se uma parte
na outra parte
— que é uma questão
de vida ou morte —
será arte?

Ferreira Gullar Na Vertigem do Dia.
Postar um comentário