Arno Ferrari deu sangue pelo seu candidato a prefeito


Vi muita gente se dedicando na campanha política desse ano. Alguns até exageraram, mas ninguém ''deu mais sangue'' do que o meu amigo Arno Valério Ferrari. 

Num sábado pela manhã nos encontramos no Clube 10 de Outubro, nos preparando para uma caminhada pelo centro da cidade mostrando nosso apoio ao candidato a prefeito, e o Arno apresenta esse enorme curativo na orelha, conforme a foto acima. 

Querendo brincar, perguntei: A Lu (esposa dele) te acertou dessa vez? e o irmão do Getulinho recebeu a deixa para contar os fatos: 

"Luizinho, você não vai acreditar, ontem falei para um amigo que ia cortar o cabelo e ele indicou uma barbearia que abriu recentemente na cidade. Como a propaganda foi boa, lá fui eu. No local encontrei uma turma nova trabalhando, uns meninos bonitos, modernos, barbudos (como é a moda atual). Na minha vez fui muito bem atendido, mas o cabeleireiro não pareceu dominar ainda muito bem a tesoura e com poucos minutos fez um enorme corte na minha orelha, que só fez correr sangue, manchou uma camisa nova minha e me obrigou ir direto a um hospital, onde recebi uns pontos e o devido curativo. Até antitetânica tomei. Gastei uns quinhentos reais nessa brincadeira. Mas o pior de tudo você não vai acreditar: o danado do aprendiz de cabeleireiro cobrou o corte antes que eu saísse de lá. Como chequei com um adesivo do Tauillo 23 no peito fiquei com a impressão que o rapaz não tinha simpatia pelo mesmo candidato e ficarei na dúvida, para sempre, se o corte foi por querer ou não".  

Me divirto muito com o Arno. Tem coisas que só acontecem com ele!
Postar um comentário