Stúdio Old Tattoo

Stúdio Old Tattoo
Old Tatoo

Casal é flagrado fazendo sexo dentro de carro e vai pagar R$ 36 mil por isso


Um casal foi multado em 10 mil euros (aproximadamente R$ 36,46 mil) por ter sido flagrado fazendo sexo dentro do carro numa rodovia da região autônoma de Sicília, na Itália.

Segundo informações da agência de notícias Ansa, policiais de trânsito suspeitaram durante uma inspeção de um veículo que estava estacionado num local perigoso da estrada, perto da saída para a comuna de Partinico. Ao chegarem, viram que a mulher estava praticando sexo oral no homem.

O casal (o nome e a idade dos envolvidos não foram divulgados) alegou às autoridades que não sabia que era proibido fazer sexo no carro. A justificativa não convenceu os policiais, que aplicaram a sanção.

As autoridades de segurança ainda afirmaram à Ansa que multas assim são até frequentes na região e que este caso foi ainda mais grave por eles estarem parados em local de risco, criando perigo a outros motoristas.

"Trata-se de um controle que fazemos com certa frequência e até mesmo as multas são frequentes, especialmente na área onde os carros estacionados são suscetíveis de criar perigo para os motoristas", disseram as autoridades locais.

Flagrantes de sexo em veículos têm gerado bastante repercussão na Itália recentemente. Em 23 de junho, um vídeo de um casal transando na Praça San Domenico Maggiore, ponto turístico de Nápoles, viralizou na internet. Ambos foram detidos e multados, sendo que a mulher, uma imigrante uruguaia, corre o risco até de ser deportada.

Na semana seguinte, um motorista de ônibus da cidade de Como, na Lombardia, foi detido por um policial ao ser flagrado tendo relações sexuais com uma passageira dentro do seu veículo, que estava parado e com o pisca alerta ligado em uma das faixas. Ele foi denunciado por interrupção de serviço público e pela realização de atos obscenos em lugar público.

A lei italiana guarda semelhanças com a brasileira nestes casos. Em terras brasileiras, é permitido fazer sexo no carro, mas desde que ele esteja na garagem de casa ou num drive-in, por exemplo.

Já se o ato for realizado em locais públicos, aberto ou exposto a outras pessoas, os envolvidos podem responder por ato obsceno, que, segundo o artigo 233 do Código Penal, prevê multa ou detenção de três meses a um ano a quem cometer o delito.

Postar um comentário