Stúdio Old Tattoo

Stúdio Old Tattoo
Old Tatoo

Aparelho auditivo com bluetooth e internet permite ouvir celular e TV


A vida do bancário Leonardo Nehrer, de 26 anos, mudou completamente há quase um mês, quando ele passou a experimentar uma nova sensação em sua vida: ouvir a voz do outro lado da linha de uma ligação no celular diretamente em seu ouvido por meio de um aparelho auditivo. Ele, que é deficiente auditivo desde a infância, é um dos primeiros usuários do único aparelho auditivo do mundo que pode ser ligado diretamente em aparelhos eletrônicos via bluetooth e internet. 

"Agora, quando alguém me liga, toca direto no aparelho. Nem preciso encostar o celular no ouvido. Além disso, o aparelho facilitou a audição em todos os sentidos. A clareza da voz me surpreendeu. O som parece que chega melhor ao ouvido, mais leve e mais nítido. E eu não estava acostumado com um aparelho tão pequeno, nem parece que estou usando. Tudo isso é muito bom", comemora o bancário, cuja surdez foi consequência da meningite que teve aos 2 anos. 

Além de ligações em smartphones, por meio de um sistema Bluetooth de 2.4GHz, o Opn permite ao usuário se conectar diretamente com outros equipamentos eletrônicos que também têm essa tecnologia sem fio. Assim, é possível ouvir com clareza, por exemplo, programas de TV, computadores e outros dispositivos inteligentes. O som sai limpinho, direto do aparelho auditivo, como se fosse o áudio de um fone de ouvidos.


"Não existe nada parecido no mercado mundial atualmente. O Op é resultado de quase uma década de pesquisas e tornou possível superar um desafio que até mesmo as mais avançadas soluções presentes até hoje não eram capazes de resolver", afirma a fonoaudióloga Isabela Carvalho, da Telex Soluções Auditivas, representante do equipamento no País. 

Além disso, por meio de um aplicativo exclusivo, o aparelho se conecta com mais de 280 tipos de serviços de internet que também estejam em nuvem. Dessa forma, ao receber um e-mail, por exemplo, o usuário não precisa recorrer a dispositivos móveis para checar as mensagens. Ele pode programar o ON – aplicativo do Opn – para receber o conteúdo da mensagem, de modo sonoro, direto no seu aparelho auditivo. Isso pode ser feito também para alarmes, despertador e notificações de redes sociais. 

A dinamarquesa Oticon desenvolveu a tecnologia BrainHearing, que permite uma audição completa, acabando com as limitações de direcionalidade do som presente nas próteses atuais. Com isso, o usuário consegue ouvir com clareza a fala de diversos interlocutores e diversos sons, mesmo em ambientes com excesso de barulho. O aparelho também ajusta o volume do ruído ao redor, a fim de manter o equilíbrio e o conforto da audição, dando ao cérebro um sentido nítido aos sons, com menos esforço. O resultado é uma audição muito próxima ao normal. 

A fonoaudióloga Isabela Carvalho explica que o modelo fica ancorado no osso do crânio, não havendo a necessidade de ser implantado cirurgicamente. "O produto proporciona uma experiência sonora completa. Durante um jantar, por exemplo, o aparelho não elimina outras informações sonoras que podem ser importantes, a música de fundo ou o talher que cai, por exemplo", conta a especialista em audiologia. 

Tudo isso só é possível graças à plataforma Velox, que com processamento 50 vezes mais rápido do que a geração anterior de aparelhos auditivos, escaneia o ambiente mais de 100 vezes por segundo, respondendo às variações sonoras de forma muito rápida e oferecendo ao usuário um panorama sonoro de 360º.
[ Bonde ]
Postar um comentário