Stúdio Old Tattoo

Stúdio Old Tattoo
Old Tatoo

10 flores estranhas que você não conhecia

Quando pensamos em flores associamos com pétalas delicadas e meigas. Entretanto, nem toda flor é sinônimo de beleza. Algumas delas possuem características grotescas e nadas usuais. São flores exóticas e estranhas.


Confira as flores mais bizarras que você já viu:

1) Polvo do deserto
A Welwitschia Mirabilis é popularmente conhecida como polvo do deserto devido às suas peculiares folhas que se assemelham aos tentáculos do animal.
Não é verdadeiramente uma flor, é uma planta gnetófifa, isto é, sem flores verdadeiras, porém com um sistema vascular semelhante ao das angiospérmicas.
A espécie só existe no Deserto do Namibe em Angola e são relíquia do período dos dinossauros. São muito resistentes, podendo viver entre 400 e 1500 anos.

2) Planta Jarro
É uma das maiores plantas carnívoras, seus jarros chegam a ter 4 litros de volume. Além dos usuais insetos, a Nepenthes rajah é capaz de prender pequenos vertebrados e mamíferos, como ratos.
São comuns nas florestas úmidas da ilha de Bornéu, Ásia. Também são procuradas por colecionadores.

3) Cara de Macaco
A Dracula simia é uma espécie rara de orquídea das florestas úmidas do Equador. A característica exótica da planta é o desenho formado nas suas pétalas, que se assemelha a uma imagem de um macaco travesso.

4) Planta da ressurreição
A rosa de jericó (nome científico Selaginella lepidophylla) é conhecida pela sua incrível capacidade de sobreviver em condições extremas. Natural de regiões desérticas, ela se reproduz e cresce com poucos recursos.
Quando o ambiente fica realmente inóspito, ela se encolhe e as suas raízes se soltam, formando uma bola. Desse modo ela pode ser transportada para outros lugares pelo vento.
Em contato novamente com ambientes úmidos, ela volta a viver, por isso é conhecida como planta da ressurreição.

5) Flor-monstro
A Rafflesia arnoldii, comum nas florestas tropicais asiáticas, é uma flor nada delicada, pelo contrário, exala um odor cadavérico e produz a maior flor individual do mundo. Ela pode atingir até um metro de diâmetro e pesar até 11 quilos.
A espécie não possui folhas nem caule e não realiza fotossíntese, sendo portanto um parasita que sobrevive absorvendo nutrientes da árvore Tetrastigma.

6) Flor crânio de dragão
As Snapdragons são plantas pertencentes ao gênero Antirrhinum com belas flores, entretanto quando elas morrem, assemelham-se a um crânio de caveira. Por esse motivo, ela é conhecida como flor crânio de dragão.

7) Hydnora Africana
Nativa do deserto da África do Sul, a Hydnora Africana é uma planta parasita que se desenvolve abaixo da terra.
Após períodos de chuvas, emerge a sua flor carnuda avermelhada e com odor putrefato para atrair os insetos polinizadores. Ela possui frutos subterrâneos procurados por animais, como ouriços, toupeiras, rinocerontes, tatus e pássaros.

8) Flor-cadáver
O apelido é devido ao cheiro de carne apodrecida que a flor exala. O odor das Amorphophallus-titanum é atrativo para os insetos que fazem a polinização. A planta é originária da Indonésia e é considerada rara, existe cerca 170 no mundo.
É a maior inflorescência do mundo, podendo atingir 3 metros de altura. A planta floresce apenas 3 ou 4 vezes durante os seus 40 anos de vida.

9) Planta Beisebol
A Euphorbia obesa recebe esse nome graças ao seu formato arredondado. É oriunda de climas quentes e áridos da África. Como é muito procurada para ornamentação de jardins, ela está em risco de extinção.

10) Flor pedra
Presente na flora de alguns países africanos, a Lithops karasmontana se assemelha a uma pedra. A camuflagem ocorre quando ela não está florescida e permite a flor passar desapercebida, principalmente, para os seus predadores (animais de pastos).

Postar um comentário