Stúdio Old Tattoo

Stúdio Old Tattoo
Old Tatoo

O aperto de mão do Seu Alfeu Teodoro de Oliveira

Alfeu Teodoro de Oliveira
(in memorian)
Lendo a reportagem abaixo, do Bonde, lembrei imediatamente do seu Alfeu Teodoro, ex-prefeito de Janiópolis, pai do vereador Eraldo Teodoro de Oliveira. Ele também tinha a mania de apertar a mão das pessoas, ao cumprimentá-las, exatamente como o faz atualmente o primeiro ministro indiano. 

Na primeira vez que estive com seu Alfeu, quando tinha uns quinze ou dezesseis anos, foi para fazer umas cobranças de serviços executados pela oficina de meu pai em maquinários dele. Olha o juízo nosso nos anos 1970: saí daqui, de Campo Mourão, sozinho, dirigindo um Jeep de meu pai até Janiópolis para fazer cobranças. E do Seu Alfeu, que tinha fama de bravo e com sua cara sempre séria botava mais medo ainda. 

Mas foi chegar na casa dele e o mito foi todo por terra: me receberam, ele a esposa, dona Ana Albuquerque de Oliveira, com um delicioso cafezinho, sempre me tratando por Irineuzinho, meu pai é Irineu, eu também!, e pagou as notas do mês conforme combinado. Os apertos de mãos foram todos normais. 

Na segunda vez que lá estive, dessa vez acompanhado por um amigo, que passou a viagem toda me alertando sobre a força do aperto de mão dele e eu falava para não se preocupar: "Ari, já estive lá, Seu Alfeu é nota dez, não tem nada disso". Chegamos, fomos bem recebido como da vez anterior, o patriarca dos Teodoro me cumprimentou normalmente, deu uma bronca por eu ter voltado lá tão rápido como novas cobranças, sorri e olhei para Ari sendo cumprimentado pelo pai do Eraldo e fiquei com a impressão de ter visto meu amigo chorando durante o aperto de mão enquanto seu Alfeu sorria. Neste dia fomos obrigados por ele a almoçar por lá e acompanhá-lo em algumas propriedades onde criava seu enorme plantel de gado.
Torno morsa

Na volta, para azucrinar com o amigo, falei: Que coisa Ari, parece que você chorou durante o aperto de mão? Chorou? eu mijei foi nas calças, parecia que um torno morsa apertava minha mão, tamanha a força do seu Alfeu. Nunca mais volto lá.

Seu Alfeu foi prefeito de Janiópolis por três vezes. Ele e dona Ana faleceram no final de maio do ano 1993, ao se acidentarem de carro na rodovia Campo Mourão - Janiópolis. Se não me engano retornavam para casa após uma Baile Queijos e Vinhos realizado aqui em nossa cidade. 

As imagens da mão do príncipe britânico, abaixo, dimensionam um pouco como era o cumprimento dele. 


Pequeno detalhe na foto do Príncipe William após aperto de mão com Modi chama atenção


Caso você ainda não saiba, o Príncipe William e Kate Middleton passearam pela Índia nessa última semana. No dia 12 de abril, o príncipe encontrou-se com o primeiro ministro Narendra Modi e posou para fotos com o costumeiro aperto de mãos. 

Poderíamos pensar que esse foi um aperto de mão como qualquer outro, mas a mão do Príncipe William conta outra história. 


Aquela que diz que o Modi tem a força de um verdadeiro herói. 


Enquanto William cerrava os dentes, tentando sorrir e suportar o aperto de mão do ministro Modi, Catherine estava feliz em sua ignorância sobre o sofrimento do marido, a poucos centímetros de distância dela. 
Postar um comentário