Daminha de honra e pajem se casam 20 anos após entrarem juntos na igreja


Você pode até não acreditar em destino, mas a história dessa casal norte-americano vai fazer você repensar seus conceitos. O amor de Briggs Fussy e Brittney Husbyn até parece um roteiro de cinema, mas não é. Apesar da alta dose de romantismo, os fatos são reais.

Tudo começou no estado do Minnesota, em 1995, quando o casal tinha apenas 3 anos. Briggs foi convidado por sua tia para ser o pagem em seu casamento. Escolhido o menino, a noiva ainda precisava de um dama de honra. Procura daqui, procura dali, e finalmente uma amiga de trabalho concordou que sua filha, Brittney, entrasse na igreja com Briggs.

Quando os pequenos entraram na igreja, os familiares já perceberam que eles tinham sido feitos um para o outro: Brit fazia a linha mais desinibida, o tipo de daminha que sai acenando para a igreja toda; Fussy era mais sério e só queria levar as alianças em segurança até o altar.

Vinte anos depois, o casal fez questão de reproduzir exatamente a cena vivida quando eram crianças
Doze anos depois, em 2007, o casal se encontrou na escola. Apesar do interesse comum e de alguns encontros, o namoro não engrenou de primeira, e ainda levou mais dois anos para que assumissem o relacionamento.

"Brittney e eu nos reencontramos na escola, quando ela se sentou na minha frente na aula de Educação Governamental", contou Brigs em entrevista ao jornal da rede ABC. É claro que depois de tanto tempo, e devido à idade que tinham na época do casamento, os dois não se reconheceram. Mas, depois de algum tempo juntos, eles descobriram através de fotos que haviam sido dama e pagem no mesmo casamento.

Finalmente, depois de 20 anos, Brigs e Brittney fecharam sua história de amor com chave de ouro: eles voltaram a entrar de mãos dadas na igreja no último dia 10 de janeiro, desta vez como noivo e noiva. [ BONDE ]
Postar um comentário