Costelão São José 2015

Costelão São José 2015

16 de novembro de 2011

Lily e Maddison - Uma história de amor!

"Maddison leva Lily para andar, sempre tocando-a para que ela saiba para onde ir. É lindo de se ver, Maddison está sempre olhando para ela "


Quando a doença forçou os veterinários a removerem os olhos de Lily, as perspectivas de uma vida plena não pareciam boas.
Porém até então, ninguém tinha imaginado que sua parceira, Maddison, pudesse virar seu cão-guia.
 
A dupla têm sido inseparável ​​há anos, mas agora se encontram à procura de um novo lar, porque seu dono não consegue mais cuidar delas.
 
A condição para todos os interessados ​​é que as grandes dinamarquesas vão como um pacote. Elas estão esperando no centro Dogs Trust re-homing em Shrewsbury – USA, desde Julho.



Louise Campbell, a gerente disse:
"Maddison é o cão guia de Lily. Se elas estão soltas, a maior parte do tempo, Maddison vai andar quase a tocá-la para que ela saiba para onde ir. É lindo de se ver, Maddison está sempre olhando para ela. "

Lily, atualmente com seis anos, era apenas um filhote, quando foi abatida por uma lesão causada pelos cílios em seus globos oculares, danificando-os para sempre
Perca Campbell disse: "Com sua falta de visão, outros sentidos de Lily aumentaram por isso, embora nós não as separamos com freqüência, ela pode dizer se Maddison está nas proximidades. Elas se enrolam juntos para ir dormir e são muito cordiais uma com a outra. Nós não analisamos se seus latidos são diferentes, mas se Lily quer ir para frente e Maddison está em seu caminho, o latido terá um tom diferente. Elas são muito próximas e desfrutam a companhia uma da outra".




 “Lily faz todas as coisas que cães normais fazem e se você a olhar de longe, não iria perceber que ela tem algo de errado com os seus olhos.Ela acredita que o tamanho das cachorras e a idade delas, bem como o fato de que elas têm que serem doadas em par, pode ter descartado proprietários em potencial e advertiu que qualquer um que quiser ficar os elas, olhem para o seu estilo de vida e pensem na responsabilidade envolvida. Elas não são gigantes, são duas adoráveis ​​garotas grandes que merecem viver o resto de suas vidas juntos e com conforto", disse ela.

Um comentário:

Anônimo disse...

Putz, sinceramente achei maravilhosa a historia, para colocar qualquer Ser-Humano no chão, com suas atitudes hipocritas, que lição de companheirismo, amizade, amor ao proximo. Não vejo as pessoas fazerem pelas outras o que esse cão faz pelo outro ! Parabens por ter colocado esta materia no site, me emocionei conforme ia lendo.